Monumento Revolta Ribeirão Manuel

http://patrimonium-cv.blogspot.com/

This is default featured slide 4 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

This is default featured slide 5 title

Go to Blogger edit html and find these sentences.Now replace these sentences with your own descriptions.This theme is Bloggerized by Lasantha Bandara - Premiumbloggertemplates.com.

sexta-feira, 30 de setembro de 2011

INSTITUTO DA PROPRIEDADE INTELECTUAL DE CABO VERDE - COMISSÃO INSTALADORA




AVISO
O Instituto da Propriedade Intelectual de Cabo Verde - Comissão Instaladora - faz saber ao público em geral que se encontra disponível na sua sede, Avenida Cidade Lisboa, Prédio "Bô Casa", 2º Dto. Praia - Santiago - CABO VERDE, para consulta/aquisição, o primeiro número do Boletim de Propriedade Intelectual -BPI.

O valor unitário de BPI é de dois mil escudos (2.000$00), a ser pago mediante o levantamento de um guia de pagamento, que poderá ser solicitado através dos seguintes contactos:

Tel/fax ( +238)2604340/ (+238)2616994

E-mails Carla.Fonseca@ipi.gov.cv; SoniaDuarte@govcv.gov.cv
O Presidente da comissão Instaladora,

Rogério A. Vieira Monteiro

ASSOMADA RECEBE ATELIÊ INTERNACIONAL DE MUSEOLOGIA



Santa Catarina de Santiago começa a estar na agenda de grandes iniciativas de natureza científica e cultural, acalentando o sonho de vir a ser cada vez mais alternativa à capital do país


Assomada, 30 de Setembro – Dentro de um mês, a 28 e 29 de Outubro, Assomada vai acolher o XIV Ateliê do Movimento Internacional para a Nova Museologia (MINOM), um acontecimento de grande relevância para o sector museológico de Cabo Verde. O tema central do debate deste ateliê será o projecto da rede de museologia de Santa Catarina de Santiago.


Antecedendo o evento, irá ser ministrado um curso de especialização em museologia e património, tendo como palco o Salão Nobre da Câmara Municipal de Santa Catarina. O curso, a ocorrer entre 24 a 27 de Outubro, registará a presença de “técnicos e mestrandos da área do património, universitários, estudantes do ensino secundário, representantes de instituições públicas e privadas bem como de especialistas do MINOM-Portugal”, pode ler-se no comunicado da autarquia chegado à nossa redacção.


Fonte: Liberal 

quinta-feira, 29 de setembro de 2011

ICOM vai criar unidade em Cabo Verde



O Conselho Internacional dos Museus (ICOM) vai anunciar, durante a reunião agendada para a próxima semana, em Lisboa, a criação de uma unidade desta instituição em Cabo Verde e Moçambique.

O anúncio foi feito pelo presidente da comissão nacional portuguesa do ICOM, Luís Raposo, e será oficializado no âmbito do 6º Encontro de Museus de Países e Comunidades de Língua Portuguesa (CPLP), que acontece nos dias 26 e 27 de Setembro.
Aproximadamente 200 especialistas participarão do encontro, que terá lugar uma década após a última edição. Além da reunião com a CPLP, o ICOM vai promover outros dois eventos na capital portuguesa voltados para a divulgação do património cultural.
O ICOM é uma organização não-governamental que mantém relações formais com a UNESCO e representa o sector dos museus no mundo. Criado em 1946, o conselho reúne mais de 30 mil membros em 137 países.
Fonte: Jornal Hardmusica 
Fonte: A Semana

terça-feira, 27 de setembro de 2011

Cabo Verde com Lei quadro dos museus até final do ano



“É um imperativo para os museus, uma lei quadro, para que tenham autonomia financeira e se possa ter um quadro de pessoal técnico especializado”, defendeu o presidente do Instituto de Investigação e do Património Cultural (IIPC). Humberto da Cruz Lima falava em Lisboa, Portugal, onde participa no VI Encontro de Museus de Países e Comunidades de Língua Portuguesa.

“É um imperativo para os museus, uma lei quadro, para que tenham autonomia financeira e se possa ter um quadro de pessoal técnico especializado”, disse o presidente do IIPC que acrescentou que a lei quadro dos museus de Cabo Verde está pronta e será publicada antes do final do ano".
Humberto da Cruz Lima, que participa no VI Encontro de Museus de Países e Comunidades de Língua Portuguesa, no Museu do Oriente, em Lisboa, afirmou à Agência Lusa que, quanto ao pessoal técnico, “já há protocolos de formação com o Instituto de Conservação e Museus de Portugal, de modo a formar técnicos para darem formação, em Cabo Verde”.
Actualmente existem em Cabo Verde sete museus, sob a tutela do IIPC, estando prevista a abertura da Casa Museu Eugénio Tavares, numa iniciativa privada, em Vila Nova Sintra, na ilha Brava e a Casa Memória, na ilha do Fogo. Outros museus em perspectiva são a Casa Museu Amílcar Cabral, o da Música e o do Café.
O responsável sublinhou “o papel central do Estado [cabo-verdiano] na preservação, divulgação e investigação do património material e imaterial”. De 1997 até 2008, o Estado apostou em museus temáticos, todos em antigas casas senhoriais de traça neo-clássica, à excepção do Museu do Campo de Concentração do Tarrafal de Santiago, construído no antigo campo de presos políticos da ditadura portuguesa anterior ao 25 de Abril de 1974.
Outros museus são o de arqueologia, onde se reúne o material recolhido pelas campanhas de arqueologia subaquática entre 1998 e 2001, o dos Documentos Especiais, e o Etnográfico, na Cidade da Praia, o museu da Tabanca, em Chã de Tanque (Santa Catarina de Santiago), e o das Artes Tradicionais, no Mindelo.
Organizado pelo ICOM Portugal, com o apoio da Fundação Oriente, o VI Encontro de Museus de Países e Comunidades de Língua Portuguesa conta com a participação de especialistas de todos os continentes, dos países da CPLP e também de comunidades lusófonas em Macau e Goa.
Fonte: Lusa
Fonte: A Semana

sábado, 17 de setembro de 2011